© 2018 Yara Linss. All rights reserved

Yara Linss

cantora e compositora

 

„O que me encanta é a beleza clara de uma melodia, o não previsto de uma improvisação – a liberdade de perceber esse momento que nunca mais voltará a ser como tal.”

Filha de mãe brasileira e pai alemão, nasceu na metrópole de São Paulo no Brasil. Com a idade de 4 anos vem morar no sul da Alemanha. Do avô herda um violino, toma aulas, acha-as penosas, mas fica fascinada quando toca pela primeira vez na orquestra da escola. O som de sua voz, descobre ela aos poucos no coral de sua cidade do qual fazia parte. Sua formação a princípio foi clássica – começou num consevatório na mesma região. Nem o estilo barroco nem Mozart combinavam com sua leve e elástica voz de sopranista. O que na realidade a atrai é o mundo mágico, que sua mãe quardava no armário: a levesa e a elegância das grandes vozes da Bossa Nova como Elis Regina e Astrud Gilberto. „Com essas canções dei-me bem, eu não precisava mais me desdobrar, eu tinha encontrado meu mundo: o Jazz.”

Em 2003 inicía o curso de jazz num conservatório da Holanda, volta depois de um ano ao sul da Alemanha, para a Univesidade de Música em Nuremberg onde continua o estudo. Aí encontra o baixista Alex Bayer que se torna seu companheiro no caminho da descoberta de sua própria linguagem musical. Em 2006 grava seu primeiro CD, principalmente com composições próprias. Inspiradas nas leves melodias da sua infância – no tom claro das ruas ensolaradas, na névoa dos contrastes entre rico e pobre da cidade grande, tocada pela vontade de viver e por infinitas reflexões. Em 2007 no festival „Stimmenfang-Festival Nürnberg“ substitui a convidada especial Maria João que por motivo de doença não pode se apresentar. Yara Linss foi muito bem recebida colhendo plausos entusiásticos. Em 2008 seu quarteto recebe um premio de incentivo do departamento de cultura da Cidade de Nurenberg, por seu trabalho musical sobre a relação entre poesia, Bossa Nova e a improvisação no jazz vocalista.

Em 2009 é a primeira colocada no concurso de composições próprias organizado pela Escola Superior de Música de Nurembeg. No mesmo ano, depois de participar de uma seleção regional vai participar do concurso final de um dos mais importantes concursos alemães de música internacional, a ser realizado em Berlin: “Creole” Suas futuras apresentações contarão com a participação do já conceituado pianista alemão, Peter Fulda, o qual acrescentará à sua música novos elementos como tons selvagens e perigosos arranjos refinados – entre sala de concerto e a câmara escura. Yara Linss canta em seu idioma materno em inglês e espanhol.